"ABRE O CORAÇÃO E DEIXA ACONTECER"

30 de março de 2014

AMAR


Da escuridão nasceu a luz!
No silêncio escutei a tua música,
juntos partimos à descoberta.
Oh, que linda flor nasceu em ti!
Descobrimos a luz ao mesmo tempo,
celebramos com amor, foi uma festa.
E caminhando pelos montes
ouvindo o som dos rios e cascatas
sentimos o coração bater num só.
E....
se eu não me amar,
também tu não me vais amar ,
porque tu e eu somos só Um.


10 comentários :

  1. O caminho da vida partilhado a dois com amor e carinho.

    Magnífico poema.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Harmonia, paz e amor, compartilhados durante o caminho longo.
    Bj

    ResponderEliminar
  3. Duxinha minha
    Então eu não estava convencida que já tinha comentado este teu poema???
    Que já o li tenho a certeza! Mas como não vejo aqui comentário... só posso deduzir que fiz confusão.
    Parece que o "alemão" está a querer atacar-me :)))
    Assim sendo... tenho a dizer-te que, depois do descanso forçado, voltaste revigorada.
    Este poema é muito, muito bom! ADOREI.
    Sem dúvida, da escuridão acaba sempre por nascer a Luz. Felizmente!

    Beijinhos mil da tua
    Manita

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  5. Que caminhar tão repleto de serenidade.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Olá Canduxa
    A conversar com uma amiga comum...:-) (levamos horas ao telefone) vim aqui parar, e já fui cuscar o Blogue das receitas que adorei..:-)
    O seu poema é lindissimo, alias amar e ser correspondido é simplesmente maravilhoso, infelizmente nem todos nós temos esse previlégio
    Parabens pelo poema e pela felicidade que o mesmo transmite, voltarei concerteza..:-)
    Um beijinho
    Teresa

    ResponderEliminar
  7. Querida, muito obrigada pelo abraço pelo carinho.

    Estou um pouco afastada do blog, mas jamais esqueço os amigos, estão no meu coração.

    Muita luz e paz bjs.

    ResponderEliminar
  8. Há que ser recíproco!
    Belo e verdadeiro poema, Canduxa.
    (Vou voltar aqui)
    Beijo,
    da Lúcia

    ResponderEliminar
  9. Se bem me lembro, sempre achei os teus poemas lindíssimos!
    Bjs

    ResponderEliminar
  10. Olá, como tem passado?
    Faz um tempo que por aqui não passava.
    Mas foi bom regressar!
    beijinho para si!

    ResponderEliminar

Obrigada pela sua visita e comentário.
Ofereço-lhe a minha paz.