"ABRE O CORAÇÃO E DEIXA ACONTECER"

21 de dezembro de 2012

FELIZ NATAL


E... depois deste 21.12.2012, que não foi um "Fim de Mundo" mas apenas o início de um Novo Ciclo, continuemos o nosso caminho aceitando todas as mudanças que o novo ano nos vai trazer.
Cada dia mais despertos e conscientes de quem somos devemos continuar a caminhar com muito amor por nós e pelos que estão a nosso lado.

Desejo a todos os meus amigos  um Natal com muita saude e muita fé e deixo-vos partilhando
 este presente "feito de areia", que recebi nesta época natalícia.
  
Um abraço de luz e cheio de saudades

29 de maio de 2012

PARABÉNS GONÇALO

Na quietude do olhar
vejo o sonho.
Na ternura do abraço
sinto o coração bater
tão pequenino....
tão grande no amor.
No sorriso transparente
vejo a alegria
do menino feito de luz
e de cor.
Na tranquilidade do ser
um beijo puro
faz-me agradecer
ser tua madrinha
Sim, és tu Gonçalo
que amo....
ainda tu não eras nascido.


4 de abril de 2012

PÁSCOA FELIZ

Neste tempo de Páscoa, em que todos devemos renascer para uma vida mais plena de amor e compaixão, deixo-vos o meu abraço de luz, repleto de esperança por um mundo mais justo.
Que cada um busque a sua verdade, a viva com intensidade e tenha força para ultrapassar todos os obstáculos que a vida nos coloca no caminho em cada amanhecer.
Sejam felizes só pelo facto de estarem vivos e procurem a vossa "estrela da tarde" que vos ajudará a não perder a esperança.

 

oh estrela da tarde
que ofereces teu brilho,
iluminas meu corpo
sossegas minha mente
aumentas minha fé
tornas-me consciente.
Nasce o dia serenamente,
nunca nada é igual.
Onde estou?
Que faço aqui?
Abro o coração
brilha o meu olhar
ajudando o meu irmão.
Silencio a alma
celebro a vida
a sorrir
esperando  tranquila
a minha partida.
Encontro-te lá
 onde o ego não existe
onde tenho a certeza
que todos somos  iguais.


12 de fevereiro de 2012

O PRIMEIRO POEMA DO ÍCARO

Do cântico mágico
nasce o amor,
do amor
nasceu Ícaro
o menino.
Rodeado de luz,
desejo que sejas
na quietude da vida
sempre divino.
Na unidade  do Ser,
corpo, mente, espírito
o teu equilibro.
De braços abertos,
com muito amor,
vou amar-te sempre
meu lindo e querido
nétinho.

21 de janeiro de 2012

PIODÃO

Descobri-te
entre montes verdes
 árvores amarelecidas
pelo Outono.
Parecias um presépio!
Tuas pedras negras
escondem segredos....
sofrimento, lagrimas,

alegrias
tantos medos!
No silêncio da montanha
tua súplica de amor
é abafado pelo azul
de portas fechadas.
De longe…
olhei encantada
teus braços estendidos
abraçando a encosta
onde teu corpo xistoso
nasceu.
Revivi tua história...
Seres iguais,  
tão diferentes,
lutaram pela vida.
No espesso nevoeiro,
chuva miudinha
cantando baixinho,

 o vento no rosto
fez-me sorrir.
Aconcheguei-me!
Agradeci ao Universo
ter-te conhecido
aldeia histórica,
portuguesa,
única!
Até breve Piódão,
vou voltar!
Quero perder-me na beleza do teu olhar.


10 de janeiro de 2012

Escolhe o Amor e a Paz


abro o coração
sinto amor
por ti
meu irmão
encontro a minha paz
partilho-a contigo
com amor
com compaixão
TU e EU
somos apenas
UM



O meu abraço cheio de luz e muita paz

4 de janeiro de 2012

Sereno mar azul


Sereno mar azul em movimento,
vives extasiado cada momento.
O barco dos sonhos transforma
teu dorso prateado, quando em ti navega
sem forma.
Tens o brilho das estrelas ao fim da tarde,
 reflectido no teu corpo sem vaidade.
Murmuras baixinho para me chamar,
minha alma sossega  para te escutar.
És forte como o vento!
Deixas-te  navegar, oferecendo teu corpo
frio e poderoso sem parar.
O sol beija com amor, envergonhado,
teu corpo revolto  tão admirado.
Oh, sereno mar azul escuro, claro
prateado....
reais são meus sonhos
quando mergulho no teu olhar
azulado.