"ABRE O CORAÇÃO E DEIXA ACONTECER"

28 de janeiro de 2014

SONHAR


Sonhar é acreditar
sentir a magia da vida
no meu caminho. 
Sonhar é um sorriso 
que ilumina o meu olhar
cheio de esperança.
Sonhar é voar 
ter asas de pássaro  
ainda pequenino.
Sonhar é confiar
viver com fé
sem ter medo.
Sonhar é  ver a luz 
de que sou feita
ao pôr do sol.
Sonhar é fechar os olhos
escutar no silêncio
agradecer.
Sonhar....
Sonhar mantém-me viva!

4 comentários :

  1. Canduxinha, querida
    Não podes imaginar a alegria que senti ao "ver-te" na minha «CASA», não só pela tua presença, em si, mas também, e especialmente, porque sei o que isso significa na tua vida - um alívio, ainda que pequenino, nas preocupações e tarefas do dia-a-dia.
    Espero que as condições favoráveis se mantenham e melhorem, até, se possível...
    Sonhar é isso tudo, sim, meu amor, sonhar é também ganhar ânimo para continuar a viver, mesmo perante condições adversas. Essencial, contudo, é fazer com que o sonho não se transforme em pesadelo...

    Abraça-te e beija-te com o enorme carinho a tua
    Manita

    ResponderEliminar
  2. Canduxinha querida
    Pensei que já não levava fé, ou o "sonho" em continuar a levar a sua luz através desta página. Há muitas formas de o fazer, como existem outras tantas para receber. Esse "sonho" que descreve, soa-me mais a ACREDITAR, e ACEITAR o que a existência lhe tráz. É isso que o céu aprova e nem sempre sabemos colocar em prática - pelos menos comigo, no tocante ao aceitar. É-me por vezes doloroso demais, porque o caminho é muito sinuoso. Mas isso também tem a ver com o trabalho que se já se tráz, com outras existências anteriores, a preparação...
    Gosto muito de ler o que escreve porque faz bem a qualquer alma que por aqui passe.
    Que o seu sonho seja esse "presente" nem sempre com o melhor embrulho ou fitas coloridas, mas que a esperança contribua para que presentes maiores e mais bonitos apareçam na vida de todos os dias.
    Deixo a minha paz, se é que "ainda" me toma...
    Beijos ternos da
    M.

    ResponderEliminar
  3. Canduxinha querida
    Muito obrigada! Tu chegas sempre a tempo... nem que seja passados seis meses:)))
    Agradeço, de coração, as tuas palavras que, a meu ver, são demasiado elogiosas... não sei se mereço tanto. E não digo isto por falsa modéstia, não.
    O que acontece é que, quando nos elogiam muito, corremos o risco de, num futuro mais ou menos próximo, desiludirmos quem tanto espera de nós.
    Vamos ver se me comporto direitinho:))) sempre.

    Mil beijinhos com muito amor da tua
    Manita

    ResponderEliminar
  4. Esqueci-me de dizer uma coisa:)
    "Comprometi-me", perante os meus leitores, a publicar um poema no final dos meses.
    (Eu, que sempre escrevi em prosa, agora deu-me para isto...)
    Portanto, no dia 29, último dia do mês de Fevereiro, publicarei "uma espécie de poema".
    Na tua qualidade de poetisa - tu sim! - gostaria que o lesses e comentasses.
    + 1 beijoca

    ResponderEliminar

Obrigada pela sua visita e comentário.
Ofereço-lhe a minha paz.